Dietas | David Nogueira

A palavra “dieta” geralmente está associada a restrição alimentar, forma de conter ou manter o peso do indivíduo. Popularmente está associada também ao enorme sacrifício de abrir mão do prazer de comer em função do objetivo do emagrecimento. Eu, particularmente, prefiro ir em um caminho alternativo, optando por uma reeducação alimentar. Ao escolher esse caminho observei que é bem mais viável manter uma rotina alimentar saudável, que vai de encontro aos treinos que pratico, do que fazer dietas que não iria conseguir manter. Dessa forma meu plano alimentar se incorpora naturalmente ao meu dia a dia e contribui para a minha evolução física.

Como falei em um texto de abertura da coluna, uma boa rotina fitness é 70% dieta e 30% treino, ou seja, os resultados estão diretamente ligados a sua alimentação. Se deseja resultados mais rápidos e mais visíveis o ideal é consultar um nutricionista e aliar seu hábitos alimentares à sua rotina de treinos. Eles precisam andar juntos. Se o seu foco é ganhar mais volume, o indicado é um bulking. Bulking é uma etapa na qual seu objetivo maior será exatamente ganhar peso e massa muscular, então será necessária uma ingestão maior de calorias. Chamamos de bulking limpo quando essas calorias são escolhidas em forma de maior quantidade de carboidratos limpos, ou seja, aqueles que tem baixo índice glicêmico (a famosa batata doce está entre esses alimentos, bem como a maioria dos alimentos integrais). Os atletas profissionais se utilizam muito desse recurso de bulking para ganhar força e energia quando estão em off season, ou seja, fora do período de competições. Indo no caminho oposto, se o seu objetivo é definir musculatura e perder gordura então deve entrar no que chamamos de cutting. Nessa etapa a ingestão de calorias será menor e gasto calórico será maior, provocando uma perda de peso. Imediatamente a fase que antecede as competições (pre-contest) os atletas profissionais se utilizam do cutting para que possam ter um melhor desempenho nos campeonatos.

Então vamos definir objetivos e aliar treino e dieta. Seus resultados serão bem potencializados com a alimentação correta, aliada a uma boa suplementação, como escrevi também em um texto anterior. Algumas regras básicas de uma boa alimentação para quem tem uma rotina fitness inclui optar sempre por alimentos integrais e um bom equilíbrio entre carboidratos limpos e proteína na medida correta. Lembrem-se sempre de ler os rótulos de todos os produtos que consumirem, é muito importante evitarem alimentos com alto teor de sódio (acima dos 100mg). Ah, e nada daqueles famosos dias do “lixo”, no qual o consumo de gordura ou açúcar é permitido. Tentem evitar, pois de fato desequilibram seu organismo. Evitar gordura, fritura e açúcar, mesmo em doses pequenas, é realmente necessário para bons resultados. Continuarei falando sobre alimentação na próxima coluna! Vamo nessa e #stay fit!!!

@davidlnogueira

IMG_4669-0.PNG

IMG_4667.JPG

IMG_4666.JPG

IMG_4665.GIF

IMG_4668.PNG

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s